• Artigos

AS 5 LINGUAGENS DO AMOR

Por Seigrefrid Willims

Quem ama liberta! Quem ama protege! Quem ama cuida! Quem ama incentiva a tornar os sonhos realidade! Isto é verdade para todos? Não!


Como cada pessoa no mundo é diferente, da mesma forma, existem várias formas de amar. Sobretudo existem várias formas de demonstrar e expressar os sentimentos. Podemos agrupá-las em cinco grandes grupos.


Um dos maiores problemas dos casais é que falam em idiomas diferentes. A comunicação é de tal maneira diferente que, muitas vezes, resulta no fim de uma relação não por falta de amor, mas sim por incapacidade de falar na língua que o outro entenda.

Assim que compreendemos que falamos línguas diferentes torna-se um divisor de águas nas nossas relações. Pelo menos foi assim para mim e, para grande parte das pessoas que conheço, que começaram a compreender que existem várias formas demonstrar os sentimentos.


Quem tem o primeiro tipo de linguagem do Amor demonstra os seus sentimentos apoiando a outra pessoa a conseguir alcançar os seus sonhos.


No segundo tipo de idioma do amor, quem o tem, valoriza, sobretudo, a qualidade de tempo que passa junto da outra pessoa. Tem o dom de escutar. Tem prazer de passar um fim de semana apenas agarrada junto à pessoa que ama ao redor da fogueira.


A linguagem do altruísta é uma linguagem de quem pensa no outro em primeiro lugar. O tipo de pessoa que tem este tipo de linguagem de amor vive muito tempo a pensar no outro. A forma mais simples que tem de demonstrar isso é com presentes ou com pequenas lembranças fazendo o parceiro saber que ela está no seu pensamento.


A quarta grande forma de mostrar os seus sentimentos é o clássico “quem ama cuida”, acho que não preciso dizer muito mais sobre este tipo de linguagem.


A última grande forma de mostrar os sentimentos é a linguagem do contacto físico. Quem tem este tipo de linguagem de amor precisa de ter um contacto mais físico que o normal. É comum ver este tipo de pessoas agarradas aos beijos ou de mãos dadas.


Esta foi uma explicação muito simples das várias linguagens do amor. Uma última coisa importante a se ter em conta é que todos falamos um pouco de cada um destes idiomas. Contudo, existe sempre uma que é predominante em cada um de nós. Ao compreender que elas existem e que o nosso parceiro fala um pouco de cada uma delas, podemos ter maior noção dos seus sentimentos e como os manter alimentados.




Magia Holística para Harmonização do Casal


Este ritual é bastante simples, contudo, os efeitos são extremamente positivos. Para poder realizar este ritual vai apenas necessitar de um copo de água gelada. Num local calmo, colocar o copo de água à sua frente.


A seguir, começar a inspirar pelo nariz e visualizar que está a respirar Energia Azul (Prana), ou seja, energia vital junto com oxigénio. A seguir, visualizar essa mesma energia sair do centro do corpo, do lado direito do seu coração, movendo-se em direção ao copo de água, transformando a água num elixir cor de rosa. Durante o processo, visualizar que a Energia Rosa está a preencher o copo na totalidade.


Durante este processo deve fazer duas coisas: mentalizar (pensar) nos sentimentos que tem pela outra pessoa e pronunciar o mantra HRIM 108 vezes. Ao fazer isso vai quebrar a ilusão que existe de separação entre o casal.


A água em causa deve, depois, ser utilizada para preparar uma refeição ou alguma bebida do casal. Este ritual deve ser repetido mais de uma vez, já que cada vez que é feito tem melhores resultados.



Dr. hc mult. Seigrefrid Willims, Ph.D

www.seigrefrid.com


Seigrefrid Willims é pseudónimo de Dr. h.c. mult. Flávio Rocha, Ph.D

Doctor Honoris Causa in "Occult Sciences, Para-Sciences, Magic, Mentalism, Mysticism, Parapsychology and Religions".

Embaixador do Instituto de Pesquisas Psíquicas Imagick para Europa Continental

Autor do livro "Pacto de Riqueza"

  • YouTube