• Artigos

DA MATRIX AO DESPERTAR

Por Adosinda Borges

Todos nós vivemos, a maioria ainda inconsciente, numa "matrix". Tal como no filme com esse mesmo nome, realizado em 1999, com Keanu Reeves como ator principal, as pessoas viviam numa realidade gerada por computador, em que, numa certa altura do filme, a personagem "Morpheus" diz: "estão todos a dormir".


Apesar de a nossa realidade não ser gerada por computador, ela é criada pela nossa mente. Como diz o Dr. Phil*: "Não há realidade, só perceção". Cada um de nós constrói a sua realidade na própria mente, baseada na sua educação (valores e crenças impostas pela família e pela sociedade), no meio em que cresceu e/ou em que vive, nas suas experiências pessoais e no seu relacionamento com os que o rodeiam.

Assim, para nós, o mundo e a perceção que temos dele é do tamanho daquilo que conhecemos. Daí que não existam duas realidades iguais, pois, como se costuma dizer: "cada pessoa é um mundo" e "cada cabeça sua sentença".


Então, como fazer para unir todos os "mundos" e vivermos uma só realidade? A única realidade é a do Espírito/Alma, pois é isso que somos. No entanto, até que cheguemos a esta descoberta de nós próprios, vivemos adormecidos na "matrix", ou seja na ilusão deste mundo físico. Como diz Jesus em "A Course in Miracles"**, este mundo é uma ilusão, criada pelos nossos sentidos físicos. A missão de cada um de nós é despertar dessa ilusão, recordando quem somos, de onde viemos e para onde vamos voltar.

Quando reencarnamos no mundo da matéria, desce sobre nós o "véu do esquecimento", ou seja, esquecemos quem na realidade somos, para que possamos experienciar situações que, gradualmente, (ao longo de muitas vidas), nos vão recordando a nossa origem divina, ou seja, vamos despertando, como se se tratasse de um longo sono. O plano do Criador foi estabelecido desta forma para que se pudesse experienciar através de nós.


Diz-se que este mundo físico é uma escola e que estamos cá para aprender, mas isto não está correto, pois nós já somos seres completos e possuímos toda a sabedoria dentro de nós, só temos de a recordar. A este processo de recordar quem somos e de onde viemos, dá-se o nome de "despertar".

Para que este despertar aconteça, na maior parte dos casos, é necessária uma acumulação de muito sofrimento (a não ser que, como diz Eckhart Tolle***, já se tenha sofrido muito noutras vidas e nesta encarnação já não seja necessário passar por essas experiências, pois já se atingiu a consciência necessária para que o despertar ocorra. Reforçando esta ideia, Eckart Tolle diz também que "precisamos do sofrimento até não ser mais necessário").


Este extremo sofrimento pode levar à tentação de pôr termo à vida. No entanto, quando, depois de muitas lutas interiores, este sofrimento é superado, dá-se o "despertar". É como um portal que se abre para uma outra dimensão: além de passarmos a ver o mundo físico de forma completamente diferente, conseguimos ver para além dele. É um ampliar da nossa consciência, sendo esta uma palavra-chave para definir a nossa essência.

Quando tomamos consciência daquilo que somos (uma das definições de despertar), é inevitável mudarmos a nossa forma de agir.


Uma das grandes mudanças é deixarmos de agir de acordo com a razão/racionalidade e passarmos a seguir a intuição. A intuição não é mais do que o nosso GPS interno. É através dela que recebemos orientação espiritual, seja dos nossos guias, seja do nosso "Eu Superior".

Enquanto vivemos na "matrix", desviamo-nos do nosso propósito de vida (estabelecido pela nossa alma antes de reencarnar) e, apesar da nossa intuição se manifestar, tentando colocar-nos no caminho "certo", a verdade é que o mundo da ilusão (físico) tem em nós um efeito tão sedutor, que se torna muito fácil nos desviarmos do nosso propósito inicial e, assim, ignorarmos a nossa orientação divina.


Há cada vez mais pessoas a passar por este processo, mas estas não constituem ainda a maioria. Para auxiliar neste processo, há pessoas já "despertas", que estão estrategicamente colocadas em determinados pontos do planeta, com a missão de ajudar outras, que estão já a fazer a sua caminhada, a entenderem quem são e o que estão cá a fazer. Só com este entendimento, se consegue sair da "matrix" e viver a suprema e única realidade: Somos Todos Um - DEUS.



* Dr. Phil McGraw, psicólogo americano e apresentador do famoso talk show Dr. Phil.

** A Course in Miracles (Um Curso em Milagres), um livro canalizado por Jesus através de Helen Schucman entre 1965 e 1972.

*** Eckhart Tolle, mestre espiritual mais influente da actualidade, escreveu livros de grande sucesso, como o "Poder do Agora" (título original The Power of Now) e o "Despertar de uma nova Consciência" (título original "A New Earth"). Dá palestras no mundo inteiro e é convidado assíduo dos programas da Oprah Winfrey.


Adosinda Borges

Terapeuta Espiritual

sindaborges@yahoo.com

  • YouTube