• Artigos

JÚPITER EM SAGITÁRIO

Por Maria Augusta

Júpiter entrou no signo de Sagitário no dia 8 de novembro, onde ficará até o dia 2 de dezembro de 2019. Júpiter transita ao longo de um ano em cada signo e, durante este ano, traz a sua influência sobre a área do mapa na qual está passando.


Júpiter é o grande benéfico na Astrologia. Se olharmos para os nossos mapas nos momentos mais recompensadores, felizes e satisfatórios, veremos que Júpiter estava fortemente ativo em nosso mapa nestes períodos de nossas vidas.


Júpiter representa a consciência em nós que busca pelo conhecimento, expansão, abundância e otimismo. Esse é o planeta que nos conecta a dimensão em nós mesmos, que busca pela verdadeira exploração e realização do nosso potencial individual. Os trânsitos de Júpiter permitem-nos realinharmos com os nossos verdadeiros propósitos de vida, aqueles que genuinamente nos fazem felizes. Júpiter é o planeta que promove o crescimento e a manifestação dos nossos desejos.


No signo de Sagitário, Júpiter encontra-se em domicílio, pois Júpiter é regente deste signo. Isso significa que, por estar naturalmente dignificado, a sua capacidade em manifestar os assuntos da casa na qual exerce influência são potencializados. Quem possuí planetas no signo de Sagitário, sentirá de forma ainda mais intensa essa influência, pois esses planetas serão naturalmente energizados e despertos pela influência de Júpiter.


De uma maneira breve e resumida, vejamos os potenciais gerais ativados por esse trânsito para cada ascendente (importante observar os planetas que serão afetados por Júpiter para aprofundar a interpretação):


Áries: Júpiter estará influenciando a nona casa, a casa natural de Júpiter, favorecendo as viagens, o contacto com outras culturas e os estudos de uma maneira geral - incluindo o estudo de línguas estrangeiras, universitários e também os ligados a espiritualidade. Irá haver um maior realinhamento com os seus propósitos de vida. Esse trânsito favorece uma maior reconexão com a sua própria espiritualidade e com seus ideais mais genuínos.


Touro: Júpiter estará influenciando a oitava casa, favorecendo uma maior abertura nas finanças (principalmente nos recursos que chegam a nós a partir de outras pessoas, como do parceiro ou bens herdados). Esse trânsito também favorece a imersão em práticas espirituais que nos auxiliem na dissolução de bloqueios profundos, pois esta é a casa da autotransformação. Técnicas de cura energética ou retiros espirituais são favoráveis nesse período. Práticas espirituais que incluam o parceiro também são benéficas e podem fortalecer o vínculo com o parceiro.


Gêmeos: Júpiter estará influenciando a sétima casa, favorecendo os relacionamentos de uma maneira geral. O início de uma relação ou a consolidação de uma relação já existente são possibilidades. Só há a dissolução de uma relação, se um parceiro mais compatível estiver para entrar na vida da pessoa. Nesta casa, Júpiter também favorece as atividades profissionais, contribuindo para uma maior popularidade, socialização e amplificação das redes de contato.


Câncer: Júpiter influencia a sexta casa, favorecendo uma maior conscientização em relação à nossa saúde física e mental. Incorporar novos hábitos na rotina, através de práticas como o Ayurveda e o Yoga são muito positivos nesse trânsito. É um ótimo período para desintoxicar e purificar os nossos corpos e mentes. Nesta casa, também favorece uma maior satisfação nas relações de trabalho, assim como pode gerar novas oportunidades nesta área.


Leão: Júpiter influencia a quinta casa, favorecendo a expressão e manifestação de tudo aquilo em que temos colocado as nossas energias e intenções. Aqui Júpiter favorece o florescimento dos nossos projetos. Haverá também uma maior abertura para as amizades, romances e atividades criativas que nos sejam prazerosas. Por ser a casa relacionada às crianças e à fertilidade, este trânsito favorece a gravidez e, de uma maneira geral, a interação ou trabalho com crianças. Essa fertilidade também pode ser canalizada para a criação de novos projetos de vida.


Virgem: Júpiter influencia a quarta casa, favorecendo mudanças de residência e investimentos em propriedades. Proporciona uma maior aproximação com a família e com o lar. Este trânsito afeta o nosso estado emocional e contribui para um maior bem-estar interior. Pode haver períodos de maior introspeção que irão nos proporcionar uma maior consciência e autoavaliação sobre como está a nossa vida privada e o que necessita ser modificado para que encontremos um maior contentamento em nossa vida íntima e familiar.


Libra: Júpiter influencia a terceira casa, favorecendo pequenas viagens, interações sociais e a comunicação em suas diferentes expressões – escrita, falada, artística. Um maior espírito de motivação e aventura estará presente. O contacto com os irmãos, amigos e com a vida social será de alguma maneira amplificado. Aqui, o estado da mente é positivamente influenciado, levando a uma maior capacidade de aprendizagem. Estimular a mente através de novos contactos, interesses e atividades contribuirá para um melhor aproveitamento desse trânsito.


Escorpião: Júpiter influencia a segunda casa, favorecendo um aumento em nossa capacidade de gerar recursos. Poderá haver maiores gastos neste período, ou um aumento das responsabilidades financeiras, mas, por outro, lado haverá a possibilidade de aumentar seus ganhos. Esse trânsito traz movimento e expansão para a vida financeira; poderá haver ganhos através de novas fontes, sendo assim propício explorar criativamente outras atividades que possam contribuir para o aumento dos seus recursos financeiros.


Sagitário: Júpiter influencia a primeira casa, gerando um impacto direto no nosso bem-estar físico, mental e emocional. Haverá uma maior disposição, entusiasmo e otimismo para lidar com as situações do dia a dia ao longo desse trânsito. Júpiter aqui contribui para uma maior capacidade de projeção pessoal e popularidade, fortalecendo a nossa imagem diante de outras pessoas. Haverá uma tendência a sentir-se mais expansivo e confiante para dar início às mudanças necessárias que venham a nos trazer uma maior realização pessoal.


Capricórnio: Júpiter influencia a décima segunda casa, favorecendo a finalização de tudo aquilo que tem estado inacabado ou pendente em nossas vidas. Essa é a casa associada aos ‘fins’ e, portanto, aqui Júpiter favorece o fechamento de ciclos para o início de outros. Nessa casa, também proporciona uma maior introspeção e aprofundamento na sua vida espiritual. É um período interessante para se propor atividades que facilitem essa conexão com o mundo espiritual, uma vez que a mente estará naturalmente mais sútil e recetiva a essas experiências.


Aquário: Júpiter influencia a décima primeira casa, favorecendo a realização dos objetivos e metas a que nos temos proposto. Na Astrologia Védica, essa é uma casa fortemente associada a ganhos e aqui Júpiter tem um grande potencial de promover um crescimento na vida financeira. Favorece a interação social, a popularidade, a amplificação nos círculos de amizade e benefícios através dos amigos e grupos. A vida social é de uma maneira geral beneficiada.


Peixes: Júpiter influencia a décima casa, favorecendo a vida social e a carreira. Haverá uma maior clareza quanto à sua vocação e caminho profissional. Mudanças de profissão podem acontecer, se essas mudanças contribuírem para uma maior realização e preenchimento profissional. Nesse trânsito estamos mais alinhados ao nosso Dharma e propósito de vida, no que se refere a nossa vida profissional e contribuição social. Aqui Júpiter também favorece o reconhecimento do nosso trabalho por parte de outras pessoas. Uma maior confiança e expansão na vida profissional são indicativos desse trânsito.




Maria Augusta

Astrologia – aulas e leituras personalizadas

www.facebook.com/escritonosastros

escritonosastros@hotmail.com

  • YouTube