• Artigos

O SOL E A LUA NA ASTROLOGIA

Por Maria Augusta

Na Astrologia, o Sol simboliza o princípio masculino, o sentido de identidade e individualidade e a expressão da nossa personalidade em suas características básicas.


Cada planeta em nosso mapa é associado a um determinado aspeto da nossa natureza individual. O Sol representa o indivíduo na sua essência, em suas características primordiais, naquilo com que mais se identifica. Fala do que motiva, inspira e alimenta a nossa alma.


O Sol é associado à energia Yang, a força motivadora que nos impulsiona a atuar no mundo e a realizar os nossos propósitos. Através da conexão com essa energia masculina, desenvolvemos a nossa consciência e conseguimos expressar e projetar a nossa individualidade no mundo.


O complemento e equilíbrio dessa energia solar é representa pela Lua. A Lua no mapa simboliza o princípio feminino, a natureza intuitiva, emocional e criativa. Está associada à dimensão que nos conecta ao nosso inconsciente, ao passado e às memórias. Fala sobre como sentimos e expressamos o que sentimos. Indica tudo aquilo que está contido no nosso corpo emocional. Dessa forma, repercute diretamente no estado da mente (por isso que na Astrologia Védica é chamada de Manas, a mente).


Se o Sol é Yang, a Lua é Yin, a força que nos impulsiona à busca interior.


Através da conexão com a Lua, desenvolvemos a nossa visão interna; abrimo-nos para sentir, permitindo-nos ser vulneráveis ao que é sentido e, dessa forma, processamos os conteúdos emocionais, tornando-nos maduros emocionalmente.


Dessa maneira, o Sol e a Lua refletem forças energéticas vividas diariamente nas nossas mentes e emoções. O Sol, representando os valores masculinos e a Lua os femininos. O desequilíbrio entre esses aspetos Yang/Yin, positivo/negativo, masculino/feminino, ativo/recetivo, Há (solar)/Tha (lunar), leva à supressão de algum desses valores inatos e essenciais da nossa individualidade.


No mapa, quase sempre existe a dominância de uma dessas energias. Tendemos a nos expressarmos de uma forma mais solar ou lunar. Mesmo quando não conhecemos o mapa de uma pessoa, podemos presumir se é o Sol ou a Lua a força mais ativa em seu mapa, através do seu comportamento, fala e expressão individual. Haverá sempre uma tendência a se identificar mais com uma dessas energias, o que é natural. Isso só se torna um desequilíbrio, quando uma delas é reprimida ou suprimida.


Quando a dominância da energia masculina é exacerbada, vemos uma pessoa que não se consegue relacionar com os aspetos femininos da sua consciência e tende a expressar-se de forma egoísta, através do domínio e controle sobre o seu meio. Já a supressão dos aspetos masculinos leva à inabilidade em concretizar, realizar e materializar os seus propósitos no mundo. O equilíbrio dessas duas energias torna-se assim fundamental para que exista harmonia interna.


Sem a conexão com o princípio masculino, inibimos o fluxo e expressão da nossa criatividade e impedimos a externalização dos nossos talentos inatos. Já a desconexão com o princípio feminino, leva-nos a suprimirmos a nossa habilidade em sermos intuitivos e sábios nas nossas decisões.


Essa compreensão leva-nos a honrar esses princípios opostos e complementares que regem as nossas vidas. No mapa, observamos como a energia feminina e masculina é canalizada na vida da pessoa através do Sol e Lua, e também através de Marte e Vênus (que secundariamente também representam os aspetos masculinos e femininos em nossa consciência). O signo e casa onde estes planetas se encontram, assim como os aspetos recebidos por esses planetas, mostram-nos como se dá a expressão desses princípios na vida da pessoa.


O estado de equilíbrio interno está definitivamente relacionado com a integração dessas forças. Quando estudamos o nosso mapa, ganhamos clareza sobre os padrões energéticos que estão a influenciar as nossas vidas. A partir dessa nova consciência, fica mais fácil promover as mudanças internas necessárias, pois passamos a perceber onde se encontram os pontos de desequilíbrio e qual é o caminho em que nos alinhamos com o nosso potencial individual.




Maria Augusta

Yoga e Astrologia (cursos e consultas)

Facebook/escritonosastros

Instagram/escritonoastros

escritonosastros@hotmail.com

  • YouTube