• Artigos

QUANDO SOMOS HERÓIS DAS NOSSAS VIDAS

Por Ana Guerra

O nosso dia-a-dia é composto de muitas tarefas. A forma como gerimos as mesmas, é uma escolha nossa. Encontrar a melhor estratégia é um desafio, uma descoberta individual.


Posso escolher escrever o que fazer no dia seguinte, seguir sem tensão ou ansiedade; no final do dia, revejo o que realizei. Viver com responsabilidade, é aceitar o que atingi sem culpa, e saber que amanhã é um novo dia.


Ao viver a transformação descobre-se que rever o que nos atrasa a caminhada, bloqueia as nossas metas, é um momento crucial. Após essas identificações substituídas por novos comportamentos, os nossos passos são mais leves e seguros.


Para que se abram novas portas, é essencial que se fechem outras. O passado tem a função de aprender a não repetir os comportamentos que nos trazem mais do mesmo, a impedir o alcance dos objectivos propostos. O presente é o nosso foco em vez do futuro, pois sabemos que sementes plantadas, cuidadas, resultam em frutos.


Olhamos para nós, com reflexão, e passamos a ter consciência de que somos os heróis da nossa vida. A vida que nos pertence tem um sabor desafiante, pelo facto de sermos os responsáveis por ela. Viver a dos outros, é a falácia de que amamos o outro, que recebemos recompensas por agir assim. Somos heróis por descobrirmos o orgulho com que nos apreciamos. O valor com que nos vestimos está patente na relação com o outro e connosco próprios.


Estar consciente da responsabilidade de sermos quem somos torna a tarefa mais árdua, na proporção do conhecimento adquirido. Somos mais exigentes connosco sem ilusões, com propósitos bem estruturados. A perfeição está em aceitar que caímos, por sermos aprendizes. Errar faz parte do pacote. Saber que estamos acompanhados, torna a motivação viva, e em movimento.


O que posso partilhar convosco sobre todo este processo? Continuo a aprender como realizar os meus objectivos. Alimento em mim, a persistência, a disciplina, a motivação abraçando a resistência, olhando para as minhas características. Gostar muito de mim, acreditar que tenho capacidades, ajuda-me a fortalecer a minha vontade. Os caminhos que fui escolhendo nem sempre me ajudaram, contudo, foi dessa forma que cresci e prossigo com a minha luta.


Gosto de muitas coisas que me enchem o ser. A arte que se expressa de múltiplas formas. Música, pintura, escultura, escrita, dança. Existe uma arte muito específica e peculiar: a natureza. Fazendo parte dela, sou consciente da dádiva, troca que pode existir. Para a poder viver na íntegra é imprescindível desligar-me dos preconceitos urbanos. A conciliação, entre a vivência como humana e todos os restantes seres naturais, é uma escolha com decisões contínuas. Quando o desrespeito por mim ainda é vivido, será uma consequência com todos os seres que me rodeiam.


Qual o usual procedimento perante os desafios mais estranguladores? Compreender que crença, valor, está agregado de modo a restringir o melhor desempenho a empreender. Após esse estudo, tenho a possibilidade de explorar a minha criatividade, imaginação, e em conjunto com as ferramentas que possuo, agir com tranquilidade e harmonia. Constatei que quanto mais utilizo este método, mais ligeiro, fácil, se tornam os desafios. Deixam de ser problemas. Recordo-me, sempre, da seguinte imagem (que age como um mantra): um rio segue o seu curso e consegue contornar os obstáculos que surgem. Esta imagem faz sentir-me viva.


Tornamo-nos heróis quando conseguimos dar-nos o que desejamos para o outro e vice-versa. Vamos "deitar fora" o que é inútil e pesaroso para a nossa caminhada?!!!




Ana Guerra

Terapeuta Holística - Magnified Healing

Email: sonhodumavida@gmail.com

Facebook: Sonho De Uma Vida

sonhodumavida.blogspot.pt/

portugalholistico.com/anaguerra


*A autora não aderiu ao Novo Acordo Ortográfico

  • YouTube